jusbrasil.com.br
22 de Agosto de 2019
    Adicione tópicos

    Presidente do TRE/PB recebe visita do superintendente do jornal A UNIÃO

    O presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque, recebeu nesta quinta-feira (10), em seu gabinete, o superintendente do Jornal A União jornalista Fernando Moura.

    Estavam presentes à visita, o diretor-geral do TRE-PB, Leonardo Lívio Ângelo Paulino, assessor da presidência, Roberto Emílio Hardman Pires, assessor técnico da corregedoria, Renato César Carneiro, secretária judiciária, Alexandra Maria Soares Cordeiros, coordenador de jurisprudência e documentação, Márcio Roberto Soares Ferreira e a chefe da seção de informacao e registro de partidos, Gylmara de Araújo Pereira.

    Marcos Cavalcanti, afirmou: “Foi com uma satisfação enorme que nós recebemos este acervo de propaganda eleitoral pelo ilustre jornalista Fernando Moura, superintendente do jornal A União, porque o acervo é riquíssimo. Eu não sabia que um paraibano possuía um acervo tão rico em matéria de propaganda eleitoral, desde a década de 80 até o presente, com uma diversidade muito grande, santinhos, fotografias, cartazes, bonés, bottons, e tanto camisas, camisetas, e tantos outros itens, e muitos deles, não se usam mais na propaganda eleitoral. São de uma riqueza histórica, fabulosa e nós agradecemos ao Jornalista Fernando Moura, e vamos fazer uma exposição desse material no nosso Museu do Tribunal Regional Eleitoral. Portanto, eu só tenho a agradecer”.

    Fernando Moura, externou: Este é um material que foi coletado pessoalmente, por interesse profissional, desde 82, que foi a primeira eleição depois do Golpe Militar, que na época eu tive acesso. Então desde 82, eu junto santinhos, cartazes, objetos, camisetas, de todo mundo, independentemente de eu ter votado naquela pessoa ou não, de estar apoiando determinado candidato ou não. Inclusive teve situações que eu pedi aos meus amigos que estivessem do lado adversário, junta tudo aí, e quando terminar a eleição você me passa. Até para poder ter um mapeamento o mais amplo possível para não ficar aquela coisa direcionada, dirigida, que a gente tivesse realmente esse desenho, esse mapeamento mínimo, não é, claro que não tem tudo, mas tem uma representação significativa, não é, da propaganda eleitoral dos últimos 30 anos. É um material que estava guardado, esperando uma ocasião adequada para desenvolver algum trabalho científico em cima, mas enquanto isso, talvez o material fosse se deteriorando, então para uma preservação garantida, para que as pessoas tenham acesso, isso não pode ficar nas mãos de poucas pessoas, tem que ter um acesso à sociedade, então resolvi fazer essa doação, que foi muito bem recebida pelo TRE e acredito que aqui e agora é a casa adequada para guardar esse material.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)